visualizações de página

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Página da Câmara Municipal de Sarandi na Internet desatualizada.


Página da Câmara Municipal de Sarandi na Internet desatualizada.



A página da Câmara Municipal de Sarandi reflete a não transparência e a forma obscura como vem sendo tratados os assuntos de interesses da comunidade. Não é novidade que os vereadores de Sarandi não fazem qualquer oposição ao governo local, e agem com cumplicidade apadrinhando projetos de interesses escusos do poder executivo, e até mesmo em prol dos próprios interesses dos vereadores. O mais recente Projeto de Lei por exemplo, é o que concede diárias aos funcionários do executivo, secretários, cargos de confiança, enfim, claramente um absurdo diante do panorama atual que se desenha no município pintado por desvios de verbas e uso da maquina pública em benefícios próprios.

Também não é novidade que os projetos apresentados na câmara de vereadores não passam de projetos que autorizam que o poder executivo cumpra nada mais, nada menos que aquilo que faz parte de suas obrigações, o que leva a entender que tais projetos não passam de uma maneira de angariar a confiança de alguns pontos da cidade garantindo a elegibilidade para os próximos mandatos. Se levarmos em consideração que não são preciso muitos votos para se eleger vereador em Sarandi, aprovar projetos que beneficiem algumas quantias de eleitores em potencial podem garantir tais interesses. Sem contar os votos claramente comprados.

Diante de tudo isso, aqueles que querem realmente fiscalizar o trabalho dos nossos representantes, que honestamente, não são nenhum pouco de confiança, encontram-se com dificuldades num primeiro momento de participar das sessões da câmara, por conta do horário não ser compatível com os horários de quem trabalha. Segundo por que sair do trabalho para ver a patacoada que acontece naquele antro de ações cretinas e enjoativas não é para qualquer estômago. Perder tempo para ver sessões cretinas que demoram cerca de 10 minutos, onde projetos são aprovados mecanicamente sem qualquer discussão, e onde a oração inicial admite a paixão religiosa que não poderia ser expressa num ambiente onde a laicidade deve prevalecer durar mais tempo que a própria sessão, é no mínimo nauseante e repugnante.

A canalhice perde os limites, o que força o cidadão preocupado com as questões políticas da cidade a procurar se manter atualizado através da internet, já que estamos no século 21, e existe esta possibilidade de acesso. Contudo o que encontramos na internet é uma pagina desatualizada, com projetos desatualizados, onde nada funciona. Não existe uma relação contendo todos os projetos em andamento na câmara, nem os aprovados, nem os que serão discutidos, não existe um cronograma com relação aos projetos em vias de discussão, não existe absolutamente nada. É um extremo vazio de sentido e de transparência. Existem os atalhos que não te levam a lugar algum, e isso me leva a fazer uma analogia com os próprios vereadores, que não passam de atalhos, e que televam sabe onde? Nada diferente de onde leva aquele pernóstico site/portal/página da câmara de vereadores.

Precisamos urgentemente de novos horários de sessão, e de transparência e atualização efetiva na página, precisamos cobrar isso, por que é um direito nosso. Não dá mais pra ser cúmplice dos ratos que invadiram a casa de leis. Não dá mais para abençoar de casa a política corrupta instalada feito vírus nesta cidade.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pedras na janela

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...