visualizações de página

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

A procura da felicidade: quanto vale ou é por quilo?


Um dia passando pelas ruas de Maringá notei um individuo vestido de palhaço dando bom dia e sorrindo, notei também que não era um trabalho, as roupas não eram novas, digamos que era um palhaço mal vestido, mas ainda sim, sorria e desejava bom dia aos mal humorados que seguiam cedo para o trabalho. Por um instante passou pela minha cabeça o quão idiota aquele homem era por estar se submetendo aquela situação, logo adiante na mesma linha de raciocínio refleti de modo diferente. Aquele velho homem não tinha absolutamente nada, mesmo assim, ele sorria alegre e dizia bom dia a todos, e eu só conseguia sentir ódio de estar acordado tão cedo. Por um instante eu me perguntei onde se encontra a tal felicidade, e qualquer pessoa otimista demais, e pouco realista vai dizer sem sombra de dúvidas que a felicidade se encontra nas pequenas coisas da vida, nos momentos bons ao lado das pessoas que se ama, nas pequenas conquistas. Eu pergunto então, e aquele homem velho vestido de palhaço, é realmente feliz? Confesso que não parei para perguntar a ele, mas fiquei tentado a entender o que o motivava as demonstrações amigáveis de carinho e atenção com quem cruzava seu caminho naquela manhã. Então me perguntei o que faz as pessoas felizes realmente. O que deixa um ser humano com esta sensação de bem estar, de felicidade são sim momentos de vivência satisfatórios, que dêem sentido a sua vida. Para ter uma vida com sentido, é necessário fazer antes de mais nada parte de um grupo familiar, ou um grupo de amigos, é preciso sentir-se querido por outras pessoas, e é preciso sentir-se parte do ambiente em que se vive. Ser feliz, é seguir com conquistas frente aos desafios que a vida lhe proporciona, é conhecer e agir no meio em que vive, mostrando sua importância para o andamento das coisas que lhe dizem respeito, é ter independência e autonomia para decidir os caminho que deve seguir. Porém, ser feliz, tem relação com as oportunidades e com a personalidade que se construiu dentro de cada um, pois cada um sabe das suas necessidades, e ser feliz então é diferente de um para outro. Mas a realidade, é que ser feliz, tem a ver com conseguir pagar as contas do mês sem medo de ficar sem ter onde morar, pra onde ir. Ser feliz é ter os mesmos direitos que os merecedores da felicidade tem do conforto, do teto, do salário, da formação, da familia, da estrutura, do meio em que se vive, por tanto, ser feliz em grande parte, é ter sorte, a sorte de nascer em uma boa familia, com casa própria, com dignidade, com direito a educação de qualidade, com direito a saúde de qualidade, sem depender das esmolas do Estado. Ser feliz é não ter que ouvir que se está na rua pedindo e mendigando por escolha própria, e sim por falta de oportunidades, por falta de igualdade. É fácil ser feliz quando se nasce em berço banhado a ouro, difícil é sorrir todo dia de manhã vestido de palhaço dizendo bom dia a troco de absolutamente nada, a não ser talvez, pela possibilidade de fugir da realidade, esta que de feliz não tem nada. Alguns vão dizer que felicidade não tem nada a ver com isso, que tem a ver com o abraço carinhoso da mãe, o eu te amo do pai, a fidelidade dos amigos, e eu vos digo, sim isso é felicidade, para quem não tem um pai bêbado, ou uma mãe prostituta, oras, mas ainda dirão que isso não importa se há o amor, e eu vos digo, com fome e com medo, ser feliz e amar deve ser tarefa difícil para qualquer um. Então, ser feliz não se trata de comparar sua felicidade a de ninguém, muito menos sorrir e dizer bom dia vestido de palhaço, fingir ser feliz não significa ser feliz, ver pessoas infelizes não nos torna mais felizes, ver pessoas felizes, nos fazem pensar, o que as fazem felizes. Ser feliz não depende de classe social eu sei, mas oras, não sejamos hipócritas, felicidade é coisa para quem pode comprar, os demais fingem, e imaginam como seria se tivessem o direito de serem felizes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pedras na janela

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...