visualizações de página

segunda-feira, 1 de junho de 2015

"O Boticário" é só um dos vários processos sistematizados de perseguição, uni-vos, ou serão mortos em praça pública.


O fundamentalismo religioso é e está cada dia mais patético, irresponsável e perigoso. Estes são como os fascistas, não existe diálogo, apenas o enfrentamento. A única intolerância que se rebate com intolerância. E por isso não é mais possível conviver, coexistir, dividir o mesmo espaço físico ou virtual com quem tenha qualquer posicionamento que vá de encontro aos interesses de seres abjetos como Eduardo Cunha, Silas Malafaia, Jair Bolsonaro e família, Marco Feliciano, entre outros.
A perseguição sistematizada aos direitos dos LGBTTS vem se intensificando, e já não há mais espaço para a neutralidade. Os LGBTTS tem a obrigação moral de se posicionar, de por a cara a tapa, de fazer o enfrentamento, de fazer o embate, de ser incisivo, afirmativo e insuportavelmente insistente no debate.
Essa perseguição é histórica e multifacetada. É politica e religiosa, e nos últimos anos no Brasil vem tomando rumos temerosos. Nos últimos tempos a novela “Babilônia” da rede globo sofreu boicote dirigido pela frente evangélica, em resposta aos personagens gays, essas ações ganharam uma maior proporção, pois misturava além da representação LGBTT na novela, muita violência e muitas cenas de sexo, desta forma, além dos evangélicos, outros setores moralistas juntaram-se a campanha, o que a fortaleceu e brecou os autores.
Mais recentemente a empresa “O Boticário” apresentou um comercial abordando a diversidade nas relações afetivas e homo afetivas, e uma nova onda reacionária, muito bem coordenada por lideres religiosos e políticos avançaram com os ataques e perseguições, negativaram e boicotaram o comercial de todas as formas. Tudo isso com a disculpa da liberdade de expressão e de opinião.
Existe uma juventude religiosa e carismática engrossando este caldo reacionário e moralista, meninos e meninas completamente desconectados com as conquistas e avanços da sociedade. Já nasceram encharcados do ódio pelo diferente, e com as vendas da ignorância, e acreditam estarem representando “Deus”.
Esta frente fundamentalista que não é pequena, esta representada no congresso nacional, e em outros níveis políticos, e neste sentido vem tomando este espaço politico com o objetivo de frear, e se possível esmagar quaisquer direitos conquistados o que precisem ser conquistados ainda pelas minorias em direitos. Um exemplo disso são alguns grupos que percorrem as câmaras municipais com objetivo de convencer os vereadores de mudar o termo gênero que consta no plano nacional de educação, para sexo. Eles fizeram isso no município de Sarandi, este grupo lotou a câmara com seguidores fundamentalistas religiosos, entre eles muitos jovens bonitos e felizes. Eu me perguntei sinceramente, como um jovem com tanta vida e tantos sonhos pela frente pode conviver com esse desejo vil de esmagar a felicidade e os direitos de outros? Mas estavam lá, entusiasmados com seus objetivos abjetos, deploráveis.
Pior que isso, além de jovens, lá estavam meninas e mulheres, que sequer desconhecem o que envolvem as questões de gênero, e como o machismo mata muitas delas, ignorância ou falta de empatia, não sei. Mas elas devem acreditar segundo os dogmas religiosos que mulheres devem ser submissas, geradoras de filhos, mães de família, donas de casa, recatadas, e deve ser por isso também que nunca vimos um boicote aos comerciais de cerveja que objetificam o corpo da mulher “vai verão, vem verão”.
No entanto é inadmissível que gays, lésbicas, transsexuais, transgêneros e mulheres silenciem-se diante de tanta perseguição sistematizada aos direitos de igualdade dentro da sociedade. É preciso que a cada ataque haja ao menos um posicionamento de repudio, seja virtual, seja oral, seja escrito, seja como for. Não cabe mais o silencio e a neutralidade. Cada silêncio diante de um ataque eu vejo como traição e desdem aos tantos que morreram pelos poucos direitos conquistados que temos hoje

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pedras na janela

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...