visualizações de página

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Roberta Campos

Cantora, compositora e mineira, radicada em São Paulo, a artista vem aos poucos ganhando seu espaço; em março de 2009 assinou com a Deckdisc e está dedicando o segundo semestre deste ano na produção do novo trabalho.

Ela compõe desde criança, e já participou de várias bandas, dentre elas a Pop Troti de Sete Lagoas/MG – onde gravou um EP com canções de sua autoria e teve a primeira grande aceitação do público.

Sua influência musical vai de Bob Dylan a Milton Nascimento, tem uma pitadinha de Folk/Rock, com um toque marcante da música mineira.

A primeira faixa do disco, “Varrendo a Lua” está sendo executada na rádio Nova Brasil FM.

Seu primeiro CD, gravado em 2008, com o título de “Para aquelas perguntas tortas” que, como diz Roberta - “totalmente autoral, produzido por mim, gravado por mim, feito por mim, lançado por mim, enfim, tudo por mim” vem recebendo elogios de grandes artistas como Leoni que disse em um fórum da internet: “Adoro a voz e o estilo dela, uma artista com grandes qualidades”, Marcelo Camelo que declarou na revista Rolling Stones: “É para gente como Leandro Tavares ou a Roberta Campos cantar, que eu componho”.

Podemos citar também Ricardo Koctus (Pato Fu) que em participação no programa feito em casa na Rádio Inconfidência em maio deste ano em Belo Horizonte, fez elogios ao jeito de ser e cantar da artista e tocou suas músicas.

A mocinha dona de um belo par de olhos azuis, é corajosa, entra no palco sozinha com sua voz, empunhando violão e gaita e faz seu show com aquela leveza que, quem já assistiu o clip da canção “Varrendo a lua” sabe muito bem como é; a canção vem ganhando espaço nas rádios, e seu myspace www.myspace.com/robertacampos recebe novas visitas a cada dia.

Roberta conta com seu jeitinho doce e sua influência de mineira legítima, que busca levar sua música ao maior número de pessoas possíveis, levar a mensagem de carinho, tentando mudar um pedacinho do mundo, que seja com palavras positivas e acima de tudo levando amor.

Desta forma, dia a dia vamos ouvindo falar da voz, do jeito, das canções, da leveza que é o seu primeiro disco, dos videoclipes de Roberta Campos, e muito, mas muito mais em pouco tempo vamos ver por aí.



-Agora me diz por que diabos Fiuk tem direito a série especial de fim de ano? Respondo. Por que é filho do Fabio Junior!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pedras na janela

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...