visualizações de página

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Não leia

Me perdoe se te decepciono as vezes, se nem sempre sou quem gostaria que eu fosse, se não sou quem gostaria de ser. Tem algo que prefiro esconder, que me põe num buraco negro, que suga minha altivez, meu senso critíco, meu jeito de ser...
travam meus lábios que não encontram os seus. Sou servo da solidão. E pago por meus sonhos sórdidos esmagados pelos senhores perfeitos.






__________________________apareçe mais tarde em casa que eu paro de drama(666)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pedras na janela

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...