visualizações de página

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Canção sem mim.



Cantava na calçada uma canção na tua voz
Criava uma parada, que desata tantos nós
E assim eu ia bem, de mim, vivia sem

Relaxa põe o tênis e sai logo pra cantar
Iluminando os bairros, com seu brilho no olhar
E assim eu ia bem, de mim, vivia sem

Balança nessa dança desconectada sim
Desista desses sonhos e conforme-se com o fim
Lá fora existe dor, existem redentores sim
E assim eu ia bem, de mim, vivia sem

Sem sombra sem saber
Assim a solidão convém
Pare lá em casa tome um chá
Seja refém
Desse papo, desse laço, descompasso arrematou
Desse lado há um sonho tão amargo que ceifou

E assim eu ia bem, de mim, vivia sem
E assim eu ia bem, de mim, vivia sem
Sem ti, sem direção
Sem mim, na contramão
Sem fim, sem ilusão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pedras na janela

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...