visualizações de página

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

JUVENTUDE SUPERDESENVOLVIDA


Esses dias eu estava me olhando no espelho e me perguntando, será que faltou feijão? O que será que a genética tem com isso? O fato é que andando pelas ruas da cidade, parando nas “vitrines” das academias com os corpos malhados, a mostra pra quem quiser ver, os produtos expostos como se fossem belas peças de carne de primeira em dia de churrasco. Confesso, corpolatria somado aos desejos de seguir o padrão de beleza, somado as poucas chances de ficar rico, fazem meus olhos brilharem. Inveja branca das crianças que já nascem malhadas, por que só pode ser isso. Quando foi que eles ganharam tantos músculos que eu não vi? Onde eu estava escondido que não acompanhei esse processo de desenvolvimento da juventude? O que eles andaram comendo esse tempo todo? Ainda este ano fui fazer estágio em uma escola estadual em Maringá-PR, e tive que dar aula de Educação Física para uma turma de 3° ano do ensino médio, e posso dizer que foi difícil me sentir a vontade no meio de um bando de bruta montes com quase dez anos a menos que eu. O que me deram para comer que eu não ganhei tanta massa?Onde estavam as academias que eu não malhei para conseguir ter este corpo sarado vendido pela televisão e pelos modelos das propagandas? Estranho como a vaidade aumentou nos últimos anos entre os homens, vejam isso no que diz respeito ao comércio de roupas e de produtos de beleza, muita coisa voltada para este publico. Ganhar uma identidade e fazer parte de algum grupo sempre foram preocupações entre a juventude, mas tanta estilização, tantos modismos, tantas marcas, tantas preocupações com o corpo, será que eu devia ter me preocupado com isso antes? Será que eu estou sendo esquecido? Será que Justin Bieber e Fiuk são realmente referencias a serem seguidas? Meu Deus! Será que eu estudei demais, e malhei de menos? Bem, a realidade é que não é fácil olhar para você e ver que a juventude de hoje dá dois de ti, ver que eles estão mais ativos, será a era do esporte? Da vaidade? Desde quando as crianças se olham no espelho e se sentem desejadas? Sim, por que ao que tudo indica, elas se produzem para sentir-se desejadas, e isso será conseqüência da banalização da sexualidade? Ou serão os novos heróis da sociedade moderna? O ganhador do BBB, os personagens de malhação, quem são as referencias? Quem são os novos heróis? A juventude trás consigo beleza, dinamismo, e superficialidade, isso me lembra muito os produtos modernos, os prédios modernos, a vida moderna esta assim, descartável, mas com uma bela aparência para encher os olhos de qualquer um. Sim, não é por acaso que eu me espantei ao perceber que eu também desejo alcançar este corpo, afinal eu também me encontro em meio as modernidades e as novas estratégias neoliberais de consumo. Mas a verdade é que eu sei que eu não posso acompanhar esse super desenvolvimento, apesar de querer, de acreditar, de desejar. 

Um comentário:

Pedras na janela

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...