visualizações de página

domingo, 7 de fevereiro de 2010

...Fiz de coração

É, uma beleza, que os belos não tem. Toda justiça da qual eu tanto busco, que tanto sou injusto, comigo mesmo. É o que eu tenho, é somente coração, é somente um amor estranho. Sabe, que há muito tempo que te observo, que te quero dentro do meu mundo. Só eu devo saber o quanto é incompreenssivel os meus sentimentos tranbordantes, flamejantes. Só eu sei o que pra mim, você significa, quando uso a palavra certa, só eu saberei quando tiver te encontrado, mas talvez você nunca saiba, por que meu coração é silencioso, é covarde. Só eu sei o que me dói, o que me faz falta. Só eu sei o quanto me faria bem. Só eu sei do que eu estou dizendo, e talvez só eu mesmo sempre saberei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pedras na janela

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...