visualizações de página

sábado, 17 de outubro de 2009

Tensão na TPM‏ por Dayane.

Conversando a respeito da TPM, tentando achar explicação para a mistura de coisas e sentimentos e atitudes que tenho, percebi que a palavra tensão define mesmo a TPM.




É tudo tenso.


Começaremos pelo verbo vestir.

Se vestir é tenso. Sim, por que mulher pode dormir se sentindo uma princesa e acordar se sentindo um lixo, na maioria das vezes, quando estamos na maldita TPM tudo dói: seio, pernas, braços, bunda, barriga, cabeça e as cólicas, ahhh as cólicas.... Então o que você menos quer é vestir alguma coisa que te aperte, por que além de estar absolutamente TUDO doendo, você tá inchada e QUALQUER roupa - exceto aquela camiseta gigante e aquela calça de ginástica ou de moletom que você usa pra ficar em casa – fica desconfortável e horrível. Mas você TEM que sair por que você precisa trabalhar, ou estudar, ou seja, você precisa de uma roupa.





Procurar roupa é tenso. Por que depois que você revira o guarda-roupa INTEIRO atrás de alguma peça que seja minimamente confortável e apresentável, você descobre que não existe nenhuma desse tipo.



Então, sabe aquele ataque de fúria? Aquela vontade de jogar tudo no lixo? Pois é...



E as dores? Não pensem que elas foram embora não!! Elas continuam ali, firmes e fortes, mesmo depois de você ter tomado, atroveram, buscopam, e qualquer outro pam pra poder aliviar.



Mas mesmo inchada e com dor, você decide respirar fundo, contar até três e continuar sua busca.



Por fim, dá graças a Deus de encontrar aquela blusinha larguinha pra esconder a barriga que tá gigante de tão inchada e aquela calça que tava meio larga depois do regime da semana passada, parece a calça mais confortável do planeta. Depois de finalmente encontrar algo apresentável pra se vestir você pensa que tá tudo certo pra sair de casa.



Mas sair é tenso. Você sabe que tá com cara de bunda, que seus olhos mesmo depois de quilos de maquiagem denunciam que você não tá nos seus melhores dias, só que mesmo assim, pro bem da humanidade e pra coexistência pacifica entre você e o resto do mundo, você se esforça brutalmente e coloca um sorriso no rosto, por que ninguém tem nada a ver com sua cólica menstrual, com suas dores pelo corpo todo e com a sua luta com o guarda roupa. E se você sai de casa, você precisa falar com os outros...



Só que falar é tenso. Por que às vezes você não tem controle nenhum do que você tá falando. É uma mistura de tanta coisa: dor, roupa incomodando, problemas financeiros, problemas sentimentais, que às vezes (sempre) você consegue juntar todos esses problemas em sentenças do tipo: "Vá se ferrar!"







Segue diálogo explicativo:



No trabalho:



Chefe: Preciso deste orçamento.



Você: Ok (Olhando dentro da bolsa procurando algum pam pra poder tomar pq o que você tomou a cinco minutos atrás não tá fazendo efeito )



Chefe: Não vai fazer? Preciso dele pra agora



Você: PU....xa vida, é pra agora? Ok, vou fazer (chefe sai)



Você: PUTAQUEOPARIU vá se ferrar, tô morrendo de dor aqui, e alguém liga? Não, um orçamento é mais importante do que eu tomar meu remédio (Volta a procurar o pam na bolsa)


Na rua:

Alguém dá um encontrão em você e assim todas as suas dores se multiplicam por dez
Pessoa: Aí me desculpa
Você: Desculpa o escambal, não olha por onde anda não?

Em casa:

Mãe: Filha você sabe onde tá aquela coisa que eu peguei ontem?
Você: Que coisa?
Mãe: Aquela uma, sabe, que eu comprei te mostrei ontem lembra?
Você: Não
Mãe: Como não lembra! Te mostrei e...
Você: Eu não lembro oras! Agora sou obrigada lembrar de tudo? Nessa casa tudo eu que tenho q saber? Vou lá saber de coisa que você comprou ontem? Eu quero é saber onde tá meu maldito pam!

Mãe: Pam?
Você: Esquece Mãe! Esquece! (sai pisando alto e bate a porta do quarto)


A parte mais importante e mais crucial da TPM de uma mulher é a comida.



E comer, adivinhem, também é tenso. Se você está usando aquela calça que te deixa razoavelmente confortável na TPM, sem te apertar é por causa do regime que você morreu pra fazer na semana passada, e vocês homens, que talvez estejam lendo, se perguntam: E daí?

E daí que na TPM, mulher, mulher que é mulher mesmo, que começa regime na segunda e acaba na quarta só pra falar que faz regime, mulher mesmo, gosta de comer COMIDA e não mato. Mato não satisfaz as necessidades básicas de uma mulher, que no período menstrual, tem que suportar vários hormônios pululantes dentro do seu organismo.



Hormônios são feitos de gordura. Hormônios precisam de gordura pra que possam ficar felizes, satisfeitos e quietinhos.



Acaso mato tem gordura? NÃO!



Chocolate tem gordura (a melhor do mundo, e não é balela quando dizem que chocolate acalma mulher na TPM. Pra homem é difícil explicar, mas simplificando, chocolate deve ser quase um ópio pros hormônios).



Sorvetes, bolos, doces, balas tem gordura. Batata frita tem gordura. Pizza, lasanha, salgadinhos tem GORDURA. Isso é comida de mulher na TPM. Isso deveria ser receitado por médicos. Mas o problema é o REGIME, o maldito REGIME que você conseguiu começar na segunda e terminar na sexta pra perder miseras 500 gramas (sinceramente? eu tô me lixando pra regime mas a maioria das mulheres dá extrema importância pra isso). Então se você comer alguma coisa além do matinho seu de cada dia, você vai engordar de novo e...



Quando você se dá conta, você já comeu o primeiro pedaço de chocolate e então você entra num caminho sem volta. Você come mais chocolate, e mais doce, e mais comida engordante.



"O quanto você aguentar" é o que os hormônios gritam, e quando você não tá conseguindo nem respirar de tanto que comeu, os danadinhos continuam: "Fraquinha você! Queremos mais gordura!! Mais gordura!!!" e depois que você satisfaz os pilantrinhas, depois que você não consegue nem ver mais um pedacinho de chocolate, ou uma balinha q seja, depois disso, aí sim eles se acalmam. Só, que depois dessa epopéia alimentar, você se dá conta que comeu demais, faz as contas e no mínimo engordou uns cinco quilos e aí vem as lágrimas. E você chora desconsolavelmente, por que o seu regime da semana passada foi por água abaixo.



E agora você ta feia, inchada, dolorida e GORDA.


E se você tem namorado, eu tenho pena dele nessa hora.


Por que se ele chega e abraça, dói, você reclama.


Se ele pergunta o que foi, você chora.



Se ele oferece um chocolate você chora mais, pega o chocolate, come e ainda diz que ele é um insensível, por que ele simplesmente não entende que você teve um dia ruim!



E assim, não dá nem pra tirar a razão dos homens que reclamam tanto e dizem que não entendem.


E as mulheres sempre tentam se defender e dar milhares de explicações, cientificas, astrológicas e até meteorológicas, mas o fato é que nem elas entendem.




Mas pensem que:




Dormir como Bela e acordar como Fera. Ficar com tudo doendo por no mínimo uns dois dias (pras que tem sorte). Não ter roupa pra usar (não é frescura dizer que não temos roupa nessas épocas, é que simplesmente TUDO aperta). Não conseguir controlar os sentimentos lutando racionalmente contra os impulsos emocionais. E por fim, comer incontrolavelmente até se sentir mal pra depois chorar por que comeu, por que passou o dia inteiro com dor, isso tudo não é fácil.




Na verdade ser mulher, não é fácil.


Escrito por: Dayane Aguiar Lopes - 16/10/2009 (Sem revisões gramaticais)



2 comentários:

  1. Tinha que colocar AQUELA foto no final?

    Você quer morrer?=D

    ResponderExcluir
  2. o.o

    mas aquela foto no final que expressou todo o sentimento de uma verdadeira TPM

    ^^

    ResponderExcluir

Pedras na janela

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...